Três destinos de natureza e sem aglomeração para viajar após a pandemia

Enquanto os brasileiros ainda estão em quarentena em suas casas e não podem se aventurar pelo mundo, é possível sonhar com as próximas viagens e começar a pesquisar novos locais para conhecer. Confira abaixo três destinos para viajar após a pandemia. Não apenas são locais mais isolados e sem aglomeração, como também são ambientes naturais com características únicas.

DESERTO DE WADI RUM, NA JORDÂNIA

Crédito: Wadi Rum Bubble Luxotel

Também conhecido como Vale da Lua, o deserto de Wadi Rum é um labirinto de paisagens rochosas. Localizado a 1.600 metros acima do nível do mar, situa-se em uma região montanhosa no sul da Jordânia. Além de ser reconhecido como um dos desertos mais singulares e bonitos do mundo, foi o primeiro sítio misto da Jordânia a ser declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Ali, o visitante pode explorar o deserto de 4×4 ou em camelos, praticar escaladas, fazer sandboard, descobrir mensagens secretas gravadas há mais de quatro mil anos ou fazer um passeio de balão para ver o nascer do sol. Wadi Rum também é um destino ideal para os chamados glampings. No meio do deserto, existem acampamentos luxuosos com todas as comodidades de um hotel, como restaurantes, internet e banheiros privativos, com tendas panorâmicas envidraçadas, que permitem ver o céu estrelado durante a noite. Ali, é possível passar a noite ao redor de uma fogueira escutando histórias de pessoas locais e provando pratos típicos dos beduínos.

NORTH ISLAND, NAS ILHAS SEYCHELLES

Crédito: North Island

Localizada no meio do Oceano Índico, a North Island fica a 30km de Mahé, principal ilha do Arquipélago de Seychelles. É uma ilha exclusiva com uma única opção de acomodação, um resort de nome homônimo que possui apenas 11 villas e ficou famoso por receber o casal real William e Kate Middleton em sua lua de mel. Em meio à natureza preservada e uma paisagem paradisíaca, a sensação é de ter uma ilha inteira para o viajante, já que o serviço do hotel é pensado para manter a privacidade dos hóspedes. North Island, inclusive, pode ser reservada exclusivamente para um grupo, seja uma viagem de férias em família e amigos ou para uma ocasião especial, como um casamento. Na ilha são oferecidas atividades como caiaque, mergulho, passeios de barco e stand up paddle em praias de areia branca e águas cristalinas. Há também mordomos e chefs privativos, que preparam jantares personalizados.

Além disso, Seychelles é um país que registrou apenas 11 casos de Covid-19 e atualmente está livre da doença. Quando os brasileiros puderem viajar novamente para destinos internacionais, Seychelles é um destino seguro e ideal para fugir de multidões e se conectar com a natureza preservada.

ILHAS SVALBARD, NA NORUEGA

As ilhas Svalbard são conhecidas por abrigarem mais ursos polares que pessoas. Localizado no Oceano Ártico, entre a Noruega e o Polo Norte, o arquipélago é ideal para os amantes da natureza. Com seu cenário invernal e uma diversificada vida selvagem, o destino é um convite para aventura. Por lá é possível passear de trenó puxado por huskies, fazer caminhadas no gelo, embarcar em safáris de snowmobile e muito mais. Além das atividades, alguns dos maiores destaques são os fenômenos naturais próprios da região como o sol da meia-noite, que acontece no verão, e a aurora boreal, que acontece no inverno. Longyearbyen é principal cidade do arquipélago e oferece uma ótima estrutura de acomodações, restaurantes e atividades culturais, dessa forma é possível curtir a natureza e o isolamento, mas com todo conforto e a certeza da diversão garantida.

Lista de categorias

Pular para a barra de ferramentas