ENIGMAS NA AMAZÔNIA

Explorar seu próprio país é sempre uma aventura de muitos ensinamentos. A Amazônia exuberante, orgulho dos brasileiros, é um ponto imperdível que pode muito bem ser descoberto a fundo com a Expedição Katerre. Nos roteiros, é possível entrar em contato com a natureza, conhecer sua fauna e flora, que inclui animais exóticos e uma vegetação de perder o fôlego. Através de embarcações, a Katerre leva os turistas a navegarem pelas águas de seus rios.

A expedição que explora o Parque Nacional do Jaú, o maior parque florestal de água doce do mundo, de 5 dias, permite conhecer diversas espécies de animais.  Botos Tucuxi, Cor-de-Rosa, aves como a Maguari, a Garça, o Papagaio-da-Várzea, os Socós, os Japiins, e muitas outros, são vistos na área. Ao entrar no Parque do Jaú, o turista se depara com pinturas rupestres; pinturas (desenhos, símbolos e sinais) feitas há milhares de anos nas paredes das cavernas. Elas mostram os animais e pessoas do período, como também cenas do cotidiano (caças, rituais, danças e alimentação) e eram feitas a partir de sangue de animais, fragmentos de rocha, argila, entre outros.

O parque ainda guarda enigmas, como a história do Boto Cor-de-Rosa. A poucos centímetros abaixo do rio, eles ganham uma cor vibrante devido aos raios de sol. Segundo o folclore, o mamífero, símbolo na região, se transformava em um rapaz bonito ao anoitecer e saía conquistando as moças mais belas da cidade. Após engravidá-las, voltava às profundezas do rio e nunca mais retornava no mesmo lugar. No passeio é possível encontrar com os botos, brincar e alimentar.

Lista de categorias

Pular para a barra de ferramentas